A Comunidade

" É extremamente importante amar-vos muito umas às outras; porque não há problema que não seja resolvido com facilidade entre os que se amam, e deve ser grave a coisa capaz de causar um problema. E creio que, se fosse respeitado no mundo como deve, este mandamento favoreceria muito a guarda dos outros. Parece impertinência recomendar esse amor, pois quem será tão rude que não se afeiçoe muito às pessoas com quem convive, ainda mais acreditando, como acontece entre nós, que Deus ama nossas irmãs e elas a Ele, pois por Sua Majestade deixaram tudo?"

Sta. Madre Teresa de Jesus

Vocacional

"Queridos jovens: Não tenhais medo de Cristo!

Ele não tira nada. Ele dá tudo. Quem se doa por Ele recebe o cêntuplo.

Sim! Abri de par em par as portas a Cristo, e encontrareis a verdadeira vida.

Para descobrir o projeto de vida que vos pode tornar plenamente felizes, colocai-vos à escuta de Deus, que tem um desígnio de amor sobre cada um de vós.

Com confiança, perguntai-lhe: «Senhor, qual é o teu desígnio de Criador e Pai sobre a minha vida? Qual é a tua vontade? Desejo cumpri-la».

Estai certos de que vos responderá. Não tenhais medo da sua resposta! «Deus é maior que os nossos corações e conhece tudo» (1 Jo 3, 20)!

Não tenhais medo, queridos jovens e queridas jovens, se o Senhor vos chamar à vida religiosa, monástica, missionária ou de especial consagração:

Ele sabe dar alegria profunda a quem responde com coragem."

 

(Mensagem do Papa emérito Bento XVI para a

 Jornada Mundial da Juventude- 28 de março de 2010).

Na base de toda consagração religiosa há um chamado de Deus, que só se explica pelo amor que Ele tem à pessoa chamada. Este amor é absolutamente gratuito, pessoal e único. Abarca toda a pessoa, a tal ponto que esta já não se pertence, mas pertence a Cristo. Reveste também o caráter de uma aliança.

Deus é o que chama, o que envia, o que concede dar fruto para o Reino:

"Não fostes vós que me escolhestes, mas fui eu que vos escolhi e vos designei para irdes e produzir fruto e para que vosso fruto permaneça."

A vocação carmelitana, plenamente centralizada na relação com Cristo, por meio da oração e contemplação é, para aquela que Deus chama, a forma própria na qual realizará sua existência cristã.

Ou nos escreva uma cartinha para o endereço que está no rodapé do site.

"No Carmelo tudo me dilata a alma". (Sta. Teresinha)

Se você se sente chamada a se entregar totalmente a Deus na vida contemplativa como Carmelita Descalça,

entre em contato conosco através do e-mail: 

vocacionalcarmelo@gmail.com

Ou nos escreva uma cartinha para o endereço no rodapé do site.