Formação

"A formação para a vida monástica contemplativa tem como base  o encontro pessoal com o Senhor. Inicia com o chamado de Deus e a decisão de cada uma de seguir, segundo o próprio carisma, as pegadas de Cristo, como discípula sua, sob a ação do Espírito Santo. O processo formativo não se trata tanto de adquirir noções, senão de conhecer "o amor de Cristo que excede a todo conhecimento". Consiste sobretudo na identificação com Cristo. Se trata, com efeito de "um itinerário de progressiva assimilação dos sentimentos de Cristo  para o Pai" , até chegar a dizer com São Paulo " Para mim viver é Cristo".  Todo isto faz com que o processo formativo dure toda vida, e assim cada monja se considere sempre em formação.

Para a Santa Madre trata-se de "formar almas nas quais deve habitar o Senhor", chamadas a ser "esposas do crucificado".

Aspirantado

"O Senhor Jesus nos ensinou que quem empreende uma ação importante, deve primeiro ponderar bem se tem o necessário para acabá-la. Por isso, quem pensa iniciar o caminho da vida contemplativa, deve transcorrer um certo tempo refletindo sobre suas capacidades reais e fazer um primeiro exame pessoal da autenticidade do seu chamado a vida monástica contemplativa. Tal é o aspirantado: um primeiro conhecimento do mosteiro por parte da candidata e da candidata por parte do mosteiro...

Postulantado

"O postulantado é uma etapa necessária para uma adequada preparação para o noviciado, durante ao qual a candidata confirma sua determinação de converter-se através de uma progressiva passagem da vida secular à vida monástica contemplativa. É um tempo em que a candidata faz uma experiência mais direta e concreta da vida em comunidade segundo o nosso carisma carmelitano-teresiano."

Noviciado

" O noviciado, com que se inicia a vida própria da Ordem, tem como fim principal que a noviça assimile em profundidade o espírito próprio do seguimento de Cristo na forma específica do Carmelo Teresiano contemplativo; conheça e experimente suas exigências peculiares, dando oportunidade, ao mesmo tempo, para que a comunidade verifique as intenções e idoneidade da candidata."

 

" Durante o noviciado a noviça deve, antes de tudo, aprofundar a sua amizade com Cristo, porque sem esta amizade nunca será capaz de assumir e manter as promessas de entrega a Ele..."

DSCN3682_edited.jpg

Profissão Simples

prof.simples_carmelosantateresinha

" Em virtude da Profissão Religiosa, a candidata abraça com voto público o compromisso dos três conselhos evangélicos. Desta forma, consagra-se a Deus pelo ministério da Igreja, torna-se membro da Ordem e se incorpora ao próprio mosteiro..."  O período de duração dos votos temporários é de no mínimo cinco anos. 

prof.simples_carmelosantateresinha

Profissão Solene

solene_carmelosantateresinha

Com a Profissão Solene a monja consagra-se a Deus para sempre na Ordem do Carmelo, comprometendo-se a viver fielmente em obséquio de Jesus Cristo, com a Virgem Maria. Não é o fim da caminhada, mais o início:  " agora começamos; procuremos pois começar sempre e cada vez melhor".

solene_carmelosantateresinha

Formação Permanete

" Por formação permanente ou contínua se entende um itinerário que dura toda a vida, tanto pessoal como comunitário, e que deve levar a configuração com o Senhor Jesus e a assimilação de seus sentimentos em sua total oblação ao Pai. É,  portanto, um processo de contínua conversão do coração, exigência intrínseca da consagração religiosa, e exigência de fidelidade criativa a própria vocação. A formação permanente é o humus da formação inicial"